Fernanda Pietragalla
Expressamos na escrita, o que possuímos na alma.
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
Pensei muito. As palavras não surgem com facilidade como em outros momentos. Há algo novo em mim, enquanto indivíduo, singular.

Deparo-me com "realidades" que até então desconhecia. Uma obra de ficção às vezes pode trazer a tona, o que de fato, é real.
Sinto-me inteira, realizada e vejo que no planeta há tantos seres  diferentes como eu. Até então a ficção estava no armário, engavetada, sei lá o que...

Sinto um alívio e por que não dizer uma paz interior. vejo que mulheres podem amar mulheres, homens, os dois. Não importa.

Éa qualidade das relações, sua intesidade, a honestidade e a verdade com que elas são vividas que fazem a vida ter um sabor especial.

Somos um pedaço do universo, um pedacinho de Deus e por isso somos tão múltiplos e ímpares. Quando a represa do amor e do desejo mais secreto se abre ao mundo, temos condições de sermos melhores, e viver cada dia com a temperatura exata das emoções. E que elas brotem , vivam e sobreviam a todas as intempéries da ignorância.

Olhar-se no espelho e ver-se a essência é a experiência mais grata, mais sublime e realizadora. Esconder-se por convicções sociais, apenas acelera a morte.

Agora eu quero viver, ser feliz e enfrentar que tiver de enfrentar com todo meu orgulho . Nada devo a quem quer que seja. Sou feliz pois amo e sou amada . e este fato faz toda a diferença. Ficção e realidade imitam-se, completam-se. Iluminado é aquele que traduz na arte, o que há de verdade em cada pessoa.

E minha vida, meus queridos, pelo fato de amar, já é uma obra de arte, do Criador, e como co-criadora, dou a ela a matiz que desejo.








Fernanda Pietragalla
Enviado por Fernanda Pietragalla em 10/10/2007
Alterado em 11/10/2007
Comentários
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links