Fernanda Pietragalla
Expressamos na escrita, o que possuímos na alma.
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
NÃO VOU GRITAR GOL

Não adianta pergunta: " Que país é este ?"
Faltam perguntas como:
Que saúde é esta?
que político são estes ?
Que justiça é esta?
E o principal : que povo é este ?
Brigou por vinte centavos
E se cala por milhões ?
Grita gol, e morre sem clamar por saúde.
Samba o ano todo
Mexe a bunda no funk
Mas não a tira da cadeira,
Omitindo-se na política,
Fugindo da escola,
Importando da China,
viajando pra U S A
Morrendo na burrice.
Faz filho e o joga no lixo.

Posso gritar sim: que coisa é esta ?
Não gosto de funk
Pago impostos, os mais altos do planeta,
Vivo rodeada da pobreza de espírito
Vendo a lei seca, mensalão,,
Congresso, senado, supremo
E nada funciona ?

Uma escoa falida, fodida
Produzindo analfabetos.
Quer saber,
Não vou gritar gol
Sambar, rebolar
Votar
votar em quem mesmo ?
Ali Babá ?
Povo e governo
Povo sem governo
Ilha da fantasia
Pizzaria
Casa da mãe Joana
Casa da sogra
Terra de ninguém,
Terra do nunca,
Território sem lei.
" ...Os assassinos, estão livres, nós não estamos ..."
Grande bordel.
Fernanda Pietragalla
Enviado por Fernanda Pietragalla em 30/10/2013
Alterado em 31/10/2013
Comentários
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links