Fernanda Pietragalla
Expressamos na escrita, o que possuímos na alma.
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
DIÁRIO
No constante diário de nossas vidas, escrevemos o que não queríamos e deixamos de escrever o que desejávamos.
Somos fagulhas, grãos de areia, partículas de universo, aguardando o tempo de poder viver a plenitude de nossa essência.
Somos reféns do tempo, do trabalho, do dinheiro, enquanto a poesia e o lirismo da vida, transformam-se em mera vontade, aquilo que poderia ter sido, mas não foi.

Fernanda Pietragalla
Enviado por Fernanda Pietragalla em 30/09/2008
Alterado em 26/10/2008
Comentários