Fernanda Pietragalla
Expressamos na escrita, o que possuímos na alma.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

AS CORES DO CAOS

 

Olho para meu interior

Vejo cores sombrias

Combinando opostos

Medo, coragem

Luz, escuridão

Certeza, insegurança…

 

Tento combinar o cinza do humor

Com o vermelho forte da paixão

O preto do medo,

Com laranja da coragem

cores que brotam em minha visão

No caos da minha mente

No caos do que sinto

No caos que a vida oferece

 

No vazio existente

Entre ser  e querer

entre ser e estar

Entre razão e sentimento

Vivo o caos de estar viva

De viver momentos caóticos,

Outros eufóricos

 

O mundo oferece cores

Meu mundo precisa de flores

A nascer do arco - íris

Dos meus sonhos

Entre cinzas, pretos, azuis , amarelos

Sigo por caminhos coloridos,

Outros monocromáticos,

Deixando meu caos interior

Menos escuro,

Outras vezes, iluminado.



 
Fernanda Pietragalla
Enviado por Fernanda Pietragalla em 25/07/2014
Alterado em 26/07/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários