Fernanda Pietragalla
Expressamos na escrita, o que possuímos na alma.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Retrato na imagem
As pedras que encontrei
E tentei fazer delas,
Um porto seguro.
Sinto profundo vazio pela ausência
Causada pela morte física
Da tia tão amada.

Vi pedras, senti pedras em meu ser
Angustiando a passagem dos dias
Estou sentada numa delas, ao meio do caminho
Esperando que a alma cicatrize,
Se é que isso seja possível
As pedras em meu nome,
Machucando a existência

Nas pedras caí
Nelas esfolei-me
Delas espero apenas
Que se ajuntem, formando uma escada
E que um dia reencontre minha tia tão amada.
Fernanda Pietragalla
Enviado por Fernanda Pietragalla em 05/01/2011
Alterado em 19/10/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernanda Pietra www.fernandapietra.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários