Fernanda Pietragalla
Expressamos na escrita, o que possuímos na alma.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


FAGULHAS 

  

 Há uma fagulha no olhar

 Mostrando desejo

Guardado no tempo

Transformado em pedaços

Em retalhos de pensamentos

Há uma fagulha, uma brasa no olhar

Denunciando que esperei

Por toda vida,

Encontrar quem acendesse a brasa

Adormecida em meu peito

E quando o olhar em brilho

Se aproximou

Apenas foi como fogueira

Alimentada por palha

Que queimou, em labaredas

Enormes

E findou-se .

Fujo de brilho nos olhos

Pois guardam em si, incêndio, explosão

E terminam , como sempre,

Queimando, destruindo

O edifício chamado eu.

Fernanda Pietragalla
Enviado por Fernanda Pietragalla em 07/07/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários